ÁREAS VERDES DO BAIRRO REABREM

Aos poucos o Jardim Botânico do Rio de Janeiro e o Parque Lage começam a retomar suas atividades, com as devidas adaptações que o momento atual exige. No JBRJ, a principal mudança é que o público agora precisa agendar previamente a visita – limitada a 60 pessoas por hora – no site do JBRJ, no qual, antes da reserva, é necessário ler o novo regulamento do parque, que inclui o uso obrigatório de máscaras e suspensão das visitas guiadas, entre outras normas. O Arboreto, o Cactário e o Bromeliário estarão abertos, mas outras coleções e espaços restritos, como o Orquidário e o Museu, permanecerão fechados. Para compensar os transtornos, os visitantes encontrarão novidades: a Trilha da Mata Atlântica, com as 27 espécies desse bioma, e placas sobre as sete famílias de plantas mais representativas e suas localizações no JBRJ. É recomendado levar água, uma vez que, neste primeiro momento, os bebedouros estarão lacrados e as cafeterias podem estar fechadas, dependendo das diretrizes das autoridades competentes.

No Parque Lage, as “regras de ouro” da pandemia – como o uso de máscara e respeito ao distanciamento social – também serão observadas. A área verde foi reaberta, mas o acesso a grutas, aquário, Cavalariças, Capelinha, parque infantil e áreas de piquenique está proibido. A entrada no parque está limitada a 200 pessoas por hora, controlada por funcionários dotados de contadores e aferidor de temperatura (quem estiver com mais de 38º não poderá entrar). Já o palacete, suas lojinhas e o Café La Plage têm previsão de reabertura na sexta-feira, dia 10/7, sendo que as aulas da Escola de Artes Visuais seguem apenas on-line.

Os cursos de julho, ao vivo e por videoconferência, têm curta duração e levam em consideração o momento atual. Ao todo, são 12 cursos teóricos e práticos, com foco em arte contemporânea.  Com aulas às quintas-feiras, das 15h às 17h, o curso “Colagem como forma de pensamento” (foto), com o artista visual Pedro Varela, será dividido em três etapas: provocação, exercício e análise e os trabalhos finais serão postados no perfil do Instagram. Já no curso “Terra, fogo. Água e ar”, o professor e curador da EAV Ulisses Carrilho vai trabalhar a partir de pesquisas históricas de arte contemporânea, com ênfase na produção dos anos 1960 e 1970, e suas ligações com documentos históricos. As aulas serão às sextas, das 11h às 12h30. Essa temporada não terá cobrança de matrícula e contará com descontos progressivos a partir do segundo curso. Confira a programação completa de cursos no site da EAV.

Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Horário: segundas, das 12h às 17h; terça a domingo, das 8h às 17h.
Agendamento obrigatório.
Ingresso: R$ 15,00 e R$ 7,50
Acesso somente pelo portão da Rua Jardim Botânico, 1008
Informaçõescvis@jbrj.gov.br / (21) 3874-1808 ou (21) 3874-1214

Parque Lage
Horário: das 10h às 16h, de segunda-feira a domingo.
Limite de visitantes: 200 por hora, sendo proibida a entrada de grupos de mais de 10 pessoas.
Palacete: acesso limitado a 100 (cem) pessoas por vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: