A REINVENÇÃO DAS LIVRARIAS

Livros são ótimos companheiros de viagem, ainda que a gente não saia do lugar. As histórias podem nos transportar a lugares incríveis e a situações inusitadas, sem falar que a leitura pode nos ensinar muitas coisas. As livrarias, especialmente as de bairro, funcionam como charmosos pontos de encontro e acabam tornando-se protagonistas em filmes como “Um lugar chamado Notting Hill”, ou cenário, como a icônica Shakespeare & Co, situada no Quartier Latin parisiense, que empresta sua atmosfera mágica a “Meia-noite em Paris” e “Antes do pôr do sol”. De volta à realidade, as livrarias daqui precisaram se reinventar durante a pandemia, adotando ferramentas de marketing digital e esquema de compra de livros via WhatsApp.

Dentre as livrarias da Zona Sul, a Blooks é a única que ainda não reabriu as portas, por estar vinculada às redes de cinema Estação Net e Espaço Itaú, ambas em Botafogo. A intempérie fez Elisa Ventura, dona da livraria, criar um sistema diferenciado para seus clientes. E ficou surpresa ao descobrir um público sedento por livros em pontos da cidade distantes de suas lojas. Hoje, ela oferece entrega “da Barra da Tijuca à Maricá” em 48 horas, por apenas R$ 5: “Meu diferencial é o WhatsApp. Atendo como se estivesse na loja e acabei descobrindo uma turma da Taquara, de Olaria, que gosta de trocar ideias sobre livros e pede sugestão”, afirma a livreira, que ainda assim precisou recorrer a um crowdfunding para conseguir manter as lojas e os funcionários.

A Livraria Argumento, no Leblon, é outra que aposta no atendimento diferenciado, via WhatsApp. O estabelecimento conta com um sistema de entrega no mesmo dia e com frete grátis, além de divulgar vídeos em suas redes sociais com indicações de seus livreiros. Por acreditar que livro é item fundamental na vida das pessoas, a Argumento fechou parceria com a Redes da Maré e está incluindo livros infanto-juvenis nas cestas básicas das famílias atendidas pela ONG nos meses de julho e agosto.

Com 40 anos recém-completados, a Timbre, no Shopping da Gávea, reina absoluta no bairro. O sucesso do pequeno estabelecimento deve-se, em grande parte, ao trabalho minucioso de seus livreiros, que sempre têm boas sugestões, como “O escândalo do século”, antologia de reportagens do colombiano Gabriel García Márquez, Prêmio Nobel de Literatura por “Cem anos de solidão”.

O Jardim Botânico, que desde o fechamento da Ponte de Tábuas, em 2013, se ressentia da ausência de um ponto de encontro em torno dos livros, agora conta com a Janela Livraria, na rua Maria Angélica. O estabelecimento das sócias Martha Ribas e Letícia Bosisio abriu as portas gradualmente, em março, mas logo precisou fechar. Depois do luto inicial provocado pela pandemia, as sócias tiveram que fazer uma análise da situação para seguir em frente.

– Nosso conceito inicial era o de um negócio artesanal, analógico. Tivemos que passar ao digital rapidamente. Criamos o site, fechamos parceira com uma empresa de e-commerce. O próximo passo é abrir nossa própria plataforma de vendas on-line, que deve acontecer ainda em agosto – antecipa Letícia.

Os cursos e bate-papos presenciais, como o do dia da inauguração com Ruy Castro, foram adaptados para o universo digital. O escritor e jornalista Márcio Menezes vem comandando as lives da livraria, de 15 em 15 dias.

Vale a pena prestigiar o comércio local e aproveitar a curadoria dos livreiros da região. Mesmo quando os estabelecimentos não têm algum título em estoque, eles providenciam ou indicam onde encontrá-lo.

Janela Livraria – Destaque para o “O peso do pássaro morto” (Nós), livro de estreia premiado de Aline Bei. Aberta de segunda a sábado, das 12h às 19h. Rua Maria Angélica, 171 loja B – Jardim Botânico. WhatsApp: 96977-8401.

Timbre: “O corpo encantado das ruas”, de Luiz Antonio Simas, indicação da livreira Natália de Almeida: “Do Centro ao subúrbio, as tramas das ruas cariocas confundem-se com a escrita do autor”. Entregas grátis na Zona Sul: 97634-4423 / 2274-1146. Shopping da Gávea – 3º piso.

Argumento – Entre os mais procurados está “Felicidade: modo de usar”, de Mario Sergio Cortella. Aberta de segunda a sábado, das 10h às 18h. Oferece também o sistema de drive-thru. Rua Dias Ferreira, 417 – Leblon Tel: 2239-5294.

Blooks – Lançamento de julho: “Nós somos o clima”, de Jonathan Safran Foer. Livrarias fechadas. Encomendas pelo WhatsApp: 97324-3960. Entregas em todo o Rio de Janeiro, em 48 horas, por apenas R$ 5. Financiamento coletivo no site Benfeitoria.

Travessa – Especial no site: livros de Heloísa Buarque de Hollanda autografados. Rede apoia o projeto pela retomada das livrarias para ajudar financeiramente os micro e pequenos estabelecimentos. Participe aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: