ELETROESTIMULAÇÃO MELHORA DESEMPENHO FÍSICO

Referência em exames laboratoriais e, mais recentemente, dos testes de COVID-19, o Lach Laboratório oferece também atendimento clínico em diversas áreas. Em fisioterapia, a novidade são os exercícios por eletroestimulação (EMS), que promovem ganho rápido de força e de massa muscular, perda de peso e melhora do desempenho físico e esportivo, utilizados por atletas de alta performance, como Rafael Nadal e Usain Bolt. Com tecnologia alemã, o sistema está disponível na unidade Jardim Botânico do Lach há 10 meses e vem conquistando adeptos, como conta a fisioterapeuta Cláudia Cadilhe (foto):

JB EM FOLHAS: Que tipo de pessoa busca este tipo de treinamento?
CLÁUDIA CADILHE: Geralmente, são pessoas que querem se manter saudáveis, mas não tem tempo ou não gostam de academia nem de exercícios.

JB EM FOLHAS: Como é o treino por eletroestimulação muscular?
CC: Os treinos EMS são individuais e duram 20 minutos. Além do estímulo elétrico, o treino é orientado por um profissional habilitado, que vai guiar toda a dinâmica de exercícios, dando a intensidade adequada, de acordo com as necessidades, objetivos e restrições de cada um.

JBF: Qual é a principal vantagem?
CC: Apesar do tempo reduzido, os resultados equivalem a exercícios convencionais, em academia, três vezes por semana.

JBF: Que tipo de equipamento é utilizado?
CC: Os alunos precisam usar uma roupa especial para o treino (blusa e bermuda de tencel), desenvolvida para ser utilizada sob um colete composto por eletrodos, que conduzem estímulos elétricos da máquina até o corpo do aluno. Os alunos têm opção de comprar a roupa no Lach ou simplesmente utilizar os itens que a clínica disponibiliza após lavagem.

JBF: Qual é o diferencial do EMS?
CC: Esse tipo de estímulo tem como grande diferencial atingir fibras musculares mais profundas e uma quantidade maior de músculos.

JBF: Há contraindicação?
CC: Pessoas com marca-passo, distúrbios neurológicos e vasculares importantes, diabetes severa e portadores de síndrome epilética não podem utilizar o método. Febre e gestação também são estados em que os exercícios por EMS não são recomendados.

JBF: Como é a avaliação dos alunos no Lach?
CC: Antes de começar, os interessados precisam preencher uma ficha de saúde, passar pela avaliação de um nutricionista e por uma anamnese, com sua história atual e pregressa, além de realizar exame de sangue para detectar a dosagem de CK (creatina quinase), enzima capaz de avaliar danos musculares. As avaliações têm taxa extra e precisam ser refeitas periodicamente.

JBF: Já “reprovou” alguém?
CC: Por enquanto, apenas uma pessoa que nos procurou ainda não pode iniciar o treino por estar investigando alguns sintomas neurológicos. A “aprovação” dependerá do resultado do exame e do diagnóstico do neurologista.

JBF: Quando este sistema de treinamento foi desenvolvido?
CC: A tecnologia foi desenvolvida em 2007, na Alemanha, pela Miha Bodytec. Aqui no Rio ainda há poucos lugares que adotaram o método, não conheço outro endereço no Jardim Botânico.

Preços:
Mensalidade: R$ 602,00 / mês
Trimestral: R$ 580,00 / mês
Semestral: R$ 503,00 / mês
Anual: R$ 440,00 /mês
Domiciliar: R$ 818,00 mensal / mês
*O valor da avaliação é R$ 170, incluindo bioimpedância com a nutricionista e análise de CK trimestral e avaliação com a fisioterapeuta.

LABORATÓRIO LACH

Agendamento de avaliação:
Telefone: (21) 2549-8141
WhatsApp: (21) 98143-1136
E-mail: lach@lach.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: