MUITO ALÉM DO JB

Esses meses de quarentena ensinaram a todos a importância de prestigiar o comércio e serviços locais. Como praticamente tudo voltou a funcionar, ainda que com novos cuidados e restrições, já é possível ampliar os horizontes e pedir, em casa, de vez em quando, comidinhas de outras partes da cidade. Até porque, apesar dos muitos restaurantes e estabelecimentos da região, não é sempre que se encontra um prato como o Arroz de Pato, com o selo de qualidade do Antiquarius. Além dos sites próprios, é sempre bom consultar os aplicativos de entrega para conferir as promoções do dia ou do final de semana.

Fechado desde 2018, o tradicional restaurante Antiquarius voltou a atender, apenas por delivery, durante a pandemia. Com a mesma direção, a estratégia atual é funcionar apenas no modo digital para oferecer seus pratos mais famosos, como o arroz de pato (R$ 56,95) e o picadinho à moda do Rio (R$ 50,15), a preços mais em conta e em porções individuais.

Moradora da Professor Saldanha, Luciana Oliveira gosta de experimentar pratos diferentes. Além do delicioso e bem-servido arroz de pato, do Antiquarius, ela recomenda o Bacalhau nas natas, do chef Ricardo Lapeyre, do delivery da Tasca do Filho da Mãe, que ainda oferece três bolinhos de bacalhau “dos deuses”, de cortesia. Graças ao iFood, Luciana descobriu o Jappa da Quitanda, do Centro: “Eles têm os melhores peixes do Rio de Janeiro. Eu e minha filha gostamos do Combinado do Chepph, com 20 ou 40 peças”, indica.

Os restaurantes de Copacabana também ficaram mais próximos na quarentena. Uma dica boa da Princesinha do Mar é o Marlin Sushi. Com pratos diferenciados e bem apresentados, o restaurante está fazendo sucesso e derrubando a tese de que comida japonesa, se não é cara, é ruim. Uma dica boa é experimentar o Atum Burrata (cubos altos de lombo de atum cobertos por queijo burrata, molho pesto, farofinha crocante de pão e um toque de queijo parmegiano). Entradas a partir de R$14,90.

Ainda em Copacabana, o Amir é um dos mais tradicionais restaurantes de comida árabe do Rio de Janeiro. Além dos pratos típicos, há combinados, petiscos e sanduíches, de acordo com o apetite do freguês. Dica: shawarma e sanduíche de falafel. Preços a partir de R$ 20,00.

De Botafogo, a dica é a Feijoada do Renato, preparada pelo chef do Jungle Garden Pub. A feijoada completa inclui nove carnes magras e defumadas e tem como acompanhamentos arroz, farofa de alho, couve mineira, laranja e uma pimentinha da casa especial. O prato individual custa R$33,90, e há porções para duas, três ou quatro pessoas, além de petiscos à parte. Outra boa opção é o Picadinho de carne. Quem já provou, diz que é coisa de outro mundo.

No Tragga, o forte são as carnes. O prato mais pedido em casa é o Bife de chorizo (300g) com fritas a R$ 84,90. Além do cardápio do restaurante, a Boutique Tragga oferece descontos de até 20% em produtos para churrasco e garrafas de vinho de sua adega.

Com duas unidades na cidade, a pizzaria Ferro e Farinha começou escondidinha, entre o Catete e a Glória, e é pioneira na utilização de massa de fermentação natural, assada no forno a lenha. As coberturas são receitas especiais e não o simples acréscimo de ingredientes. Vale a pena experimentar. Dica: Adobo Verde, com molho de tomate, grana padano, couve marinada em shoyo e gengibre, mel picante e alho confit. Preços em torno de R$ 40,00.

Lá de Laranjeiras, o Maya Café tem pratos, sanduíches e petiscos, além de sobremesas de dar água na boca. As opções vão dos tradicionais docinhos – brigadeiro e quindim – às tortas mais elaboradas, como a Red Velvet, com açúcar de beterraba e mascarpone, e a Bem-casado de chocolate com avelãs, sem falar no brownie, cheesecake, pavê crocante, palha italiana… Tortas a R$ 14,90 (fatia).

E que tal o acarajé legítimo da nega Teresa?  A baiana que fez seu nome em Santa Teresa nos deixou em maio deste ano, mas seus filhos decidiram seguir aos poucos com o negócio, só com o acarajé e o bolo de aipim. Neste recomeço, estão atendendo apenas aos domingos, na Almirante Alexandrino e fazendo entregas, no mesmo dia, das 16h às 22h.  O acarajé vem com tudo que tem direito e custa R$ 25 (um) e R$ 45 (duas unidades); enquanto o bolo de aipim é R$ 5. A taxa de entrega é R$ 15.  Faça sua encomenda e reserve o horário de entrega: 99788-5912.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: