SOLIDARIEDADE COMEÇA PERTO DE CASA

A pandemia e suas consequências na queda da renda da população levaram milhões de brasileiros a enfrentar algum grau de insegurança alimentar, chegando a mais de 10 milhões, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na segunda quinzena de abril. Com a fome batendo à porta de quem não tem nem mais casa para morar, não param de surgir movimentos solidários da sociedade civil. Para quem não sabe bem a quem ajudar, uma dica é começar perto de casa.

Uma iniciativa que nasceu no coração do bairro do Jardim Botânico é a de cestas básicas com alimentos não perecíveis, no valor de R$ 50,00, para serem doadas a moradores do Horto. Cada cesta da parceria do Mercado Afonso Celso com o JB em Folhas contém 2 kg de arroz, 1 kg de feijão, dois pacotes de macarrão,1 kg de farinha de mesa, 1 sachê de molho de tomate e 1 lata de sardinha. Quem puder participar, não precisa nem sair de casa. É só encomendar as cestas no mercadinho. No final de cada semana, a Comissão do Horto passará para recolher os alimentos e distribui-los entre as famílias mais necessitadas da comunidade.

Moradora da região da Fonte da Saudade, Simone Barreto convocou a vizinhança para uma ação solidária de arrecadação de alimentos para a campanha “Rio Contra a Fome”. Ela escreveu bilhetinhos à mão e os colocou debaixo porta dos vizinhos do seu prédio avisando sobre uma caixa deixada na portaria para coletar alimentos não-perecíveis e pedindo a colaboração de todos. A proposta se espalhou entre amigos da região, que fizeram questão de participar.

– É uma forma fácil da gente ser útil, conhecer a vizinhança, tendo por fim fazer o bem pra quem precisa. Vamos de grão em grão, porque tá nas nossas mãos mesmo – explica.

Tudo o que foi arrecadado (foto acima) por Simone e seu marido Marcelo Barreto foi levado para o posto da “Rio Contra a Fome”, na Casa Firjan e, de lá, seguiram para uma instituição do morro Santa Marta, em Botafogo.

A cantora e compositora Katia B organizou campanha parecida em seu condomínio no Jardim Botânico. “Além de itens da cesta básica, foram doados também leite em pó e material de limpeza, artigos de luxo hoje em dia”, destaca. Nesse caso, a ONG De Volta Ao Lar, que atua na erradicação da miséria extrema e moradia nas ruas, foi a beneficiada e passou para recolher três carrinhos com as doações.

Na Galeria dos Correios, além da caixa do Atelier Bzz, onde cada dois quilos de alimentos são trocados por uma máscara, os moradores do condomínio colocaram uma outra para arrecadar alimentos para a ONG Prato Cheio. Já o morador do JB Heitor Wegmann estabeleceu uma parceria com o Bar Joia. Até junho, as pizzas compradas lá, em qualquer dia da semana, reverterão R$ 1,00 (pizza pequena), R$ 2,00 (pizza grande) e R$ 3,00 (tamanho família) para a Obra do Berço, da qual Heitor é voluntário.

Mercado Afonso Celso: 2539-2722 / 2527-1366 / 99608-5155 (WhatsApp)
Joia Carioca: 2539-5613 / 2539-5135 / 98478-3172

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: