A PROVIDÊNCIA DIVINA REGE A CASA DE BETÂNIA

Felizes aqueles que ainda têm avós para aproveitar o aconchego, a sabedoria e a generosidade. Antes que o Dia dos Avós seja corrompido pelos apelos de uma data meramente comercial, o mês de julho pode ser uma boa época para retribuir aos mais velhos todo o carinho e atenção que eles dedicam/dedicaram a seus filhos e netos ao longo da vida. Quem não tem mais avô ou avó, pode “adotar” um na Casa de Betânia. No momento, as atividades extras do lugar – bingo, festas e visitas – estão suspensas. Antes da pandemia, porém, colégios como Teresiano e Stella Maris, além do próprio Divina Providência, costumavam organizar encontros de gerações, entre seus alunos e os moradores da Casa de Betânia, como forma de trabalho interdisciplinar e voluntário. Como ainda é preciso manter afastamento, a administração da instituição estuda maneiras de promover encontros em novos formatos, a fim de promover uma maior aproximação e envolvimento da sociedade.

A obra social Casa de Betânia funciona na Paróquia da Divina Providência, na rua Lopes Quintas, e acolhe, atualmente, oito idosos, sendo a mais nova a senhora Geni Ana Ellwanger, de 77 anos, e a mais velha a senhora Valdemira Bandeira da Costa, de 93 anos. O número pequeno de hóspedes deve-se à realização de uma reforma total, que já dura dois anos, para tornar o ambiente mais confortável e acolhedor. Apesar da divulgação da reabertura da Casa em abril, até hoje ainda faltam alguns ajustes finais, que adiaram a volta dos residentes ao espaço, visando garantir a segurança dos mesmos. “A previsão é que, em agosto, os idosos voltem para a Casa de Betânia, que poderá acolher até 30 pessoas”, avisa o Padre Francisco Alfenas, diretor do Instituto de Artes e Ofícios da Divina Providência.

Situada em terreno da Paróquia da Divina Providência, até hoje responsável por sua administração, a Casa de Betânia foi fundada em 1976 pelo Padre Antônio Lemos e contou com a assinatura de Dom Eugênio Sales na ata de lançamento de sua pedra fundamental. Inaugurado em 1980, o lugar funciona como acolhimento e repouso para pessoas da terceira idade saudáveis e carentes de apoio familiar ou financeiro, a partir de 70 anos. A obra de renovação incluiu a construção de rampas para garantir maior acessibilidade e melhorias na infraestrutura dos quartos (agora suítes individuais), salas de atendimento e ampliação do refeitório.

A fim de gerar novas fontes de renda para a Casa de Betânia, foram criados um salão de beleza e uma academia de ginástica, que poderão ser usados tanto pelos internos como pelos moradores das redondezas. As novidades servirão de reforço do orçamento, já que as mensalidades pagas pelos idosos cobrem apenas parte dos custos de alimentação, moradia e saúde dos acolhidos. Uma assistente social, um enfermeiro e técnicos de enfermagem que garantem atendimento 24h, nutricionista, fisioterapeuta e um médico voluntário integram a equipe da Casa de Betânia.

Para completar os custos de manutenção do espaço, doações são sempre bem-vindas, sejam elas em dinheiro ou em roupas e objetos diversos, que são colocados à venda no Bazar de Betânia. O brechó costuma ter peças boas e funciona no local de segunda à sexta, das 13h30 às 17h30.

Como ajudar

Doações em dinheiro:
INSTITUTO DE ARTES E OFÍCIOS DIVINA PROVIDÊNCIA – CASA DE BETANIA
CNPJ: 33.612.128/0001-65
Banco Itaú – 341
Agência: 0532
Conta Corrente: 14259-3

Doações diversas para os residentes e para o Bazar de Betânia:
roupas, calçados, acessórios, livros, bolsas, louças, panelas…

Casa de Betânia
Rua Lopes Quintas 302
Informações: 2294-5648

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: