CAPELA NOSSA SENHORA DA CABEÇA

Em 12 de agosto é celebrado o Dia de Nossa Senhora da Cabeça, cuja capela situada no terreno da Casa Maternal Mello Mattos, no alto da rua Faro, faz parte da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro e é administrada pela Congregação das Carmelitas Descalças Serva dos Pobres. Sua localização em meio à mata é um convite à meditação e orações, no entanto, o local está fechado para o público desde 2017. Com isso, está circulando na internet um abaixo-assinado de moradores do bairro para que a capela Nossa Senhora da Cabeça seja reaberta à visitação pelo menos pela manhã e nos finais de semana. A meta é alcançar pelo menos 200 assinaturas para que o pleito seja encaminhado à Arquidiocese do Rio de Janeiro. Assine aqui.

Foto: Chris Martins – 2013


Relíquia da arquitetura religiosa do Brasil primitivo e da arte sacra no continente, a capela Nossa Senhora da Cabeça integrava o terreno do antigo Engenho D’El Rey, que se estendia por toda a área entre a Lagoa e as encostas do Corcovado, da Gávea ao Humaitá, cercada pela Floresta da Tijuca e às margens do rio batizado de Cabeça. Há uma dúvida quanto à data de sua construção, se 1603 ou 1623, dois períodos em que Martim Correia de Sá governou o Rio de Janeiro. Foi ele, aliás, quem trouxe de Portugal a imagem de Nossa Senhora da Cabeça que orna a igreja.

A origem de Nossa Senhora da Cabeça vem do tempo das Cruzadas, no Sul da Espanha. Mutilado pela guerra, um soldado andaluz teria tido seu braço refeito por ela perto do pico da Cabeça, em 12 de agosto de 1227. Outro milagre atribuído à santa foi o perdão a um condenado à morte, que, em agradecimento, teria mandado fazer uma cabeça de cera, depositada aos pés de sua imagem anos depois. O ato de devoção tornou-se tradição e, no início do século XXI, ainda era repetido na igrejinha do Jardim Botânico.

A capela do alto da rua Faro, de apenas 20 m2 e paredes espessas, é um marco da devoção espanhola no Brasil, sendo considerada o mais antigo templo religioso da cidade que manteve sua configuração original. Ela ainda preserva seu frontão triangular com duas janelas com grades e porta almofadada de madeira e altar de madeira com veios policromados. A fachada posterior perdeu um cômodo, onde funcionava a sacristia, e a lateral, a torre sineira. O acesso ao interior da igreja se dá por um alpendre, com telhado triangular apoiado em duas colunas de estilo toscano (em substituição às de ferro originais). Apesar dessas modificações, a capela Nossa Senhora da Cabeça foi descrita como autêntico exemplar da arquitetura rural do período colonial, tendo sido tombada pelo governo federal em 1965 e pelo municipal em 2004, passando por prospecção arqueológica e restauração em 2005.


ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DA CABEÇA

“Aqui estou, prostrado a vossos pés, ó Mãe do Céu e Senhora nossa. Tocai o meu coração a fim de que deteste sempre o pecado, e ame sempre a vida austera e cristã, que exiges de vossos devotos. Tende piedade das minhas misérias espirituais. E, ó Mãe terna, não vos esqueçais também das misérias que afligem o meu corpo e enchem de amargura a minha vida terrena. Dai-me saúde e forças para vencer todas as dificuldades que me opõe o mundo. Não permitais que minha pobre cabeça seja atormentada por males que me perturbem a tranqüilidade da vida. Pelos merecimentos de vosso Divino Filho, Jesus Cristo, e pelo amor a que ele consagrais, alcançai-me a graça que agora vos peço, (fazer o pedido), ai tendes, ó Mãe poderosa, a minha humilde súplica. Se quiserdes, ela será atendida. Nossa Senhora da Cabeça, rogai por nós. Amém.”

Capela Nossa Senhora da Cabeça
Rua Faro 80
A capela fica dentro do terreno da Casa Maternal Mello Mattos: 2512-1266

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: