MÊS DE OUTUBRO DOMINADO PELAS CRIANÇAS

O feriado é de Nossa Senhora Aparecida, mas o dia é das crianças. Este ano, a data cai na terça-feira, se juntarmos com o Dia dos Professores, celebrado em 15/10, as brincadeiras reinarão durante toda a semana. Para que a turma miúda não fique entediada e os adultos não se desesperem, melhor se preparar para o recesso. Vale acordar cedo para pegar a praia vazia, correr para os parques, percorrer trilhas, tomar banho de cachoeira e, até, visitar uma exposição, ver um filme ou ir ao teatro, para quem está em dia com a vacina, claro!

Entre os presentes, brinquedo é ponto na certa. Se forem criativos, educativos, inteligentes e sustentáveis, vão conquistar a família toda. Uma referência no Jardim Botânico é a loja Roda Pião, inaugurada há quase 40 anos na galeria da rua Maria Angélica, frequentada por diversas gerações. Um diferencial importante é que lá as crianças podem mexer e brincar, tornando a ida à loja um programa por si só.

– Dá para perceber que o ambiente da Roda Pião desperta nos clientes suas memórias afetivas. Os pais que frequentaram a loja quando pequenos, voltam com seus filhos e falam sobre os brinquedos que tiveram. As crianças gostam de testar e experimentar cada brinquedo. É uma experiência única – observa a comerciante Eliane Munk.

Com a equipe da Gato Mia Festas, não faltam opções para fazer a farra – ou próprio brinquedo – em casa mesmo. Há duas promoções especiais para presentear: o kit “Boneco de Pano” e os de “Artes” e “Culinária”. Quem encomendar três kits ou mais conta com 15% de desconto sobre o total.

Para a turminha que gosta de esporte, o futebol costuma fazer sucesso e está a cada dia mais inclusivo. A dica para ninguém ficar de fora da brincadeira são as aulas do projeto Chutebol, que está comemorando 20 anos de atividade. A bola da vez é Delas – Escola de Futsal Feminino, que tem como proposta oferecer um espaço exclusivamente feminino, onde as meninas podem jogar, treinar, chutar, driblar, aprender e se divertir, livre de julgamentos, estereótipos e preconceitos. Com oportunidades iguais de aprendizado do esporte, a brincadeira fica mais equilibrada e divertida para todos.

Um programa que começou na praça Pio XI, correu outros bairros da cidade e volta na terça, dia 12/10, para o JB, é o Amigos na Praça. A primeira edição evento após o início da pandemia acontece em estilo nissei, aproveitando o clima do recém-inaugurado Sushi Bar do Zona Sul, na praça em frente ao supermercado, na rua Pacheco Leão. Das 10h às 13h, as crianças poderão trocar livros, participar da oficina de origami do Gato Mia e ouvir o conto oriental “A história do coelho da Lua – Tsukino Usagi”, da Casa de Criação Miranda. Para participar do troca-troca é importante levar livros em bom estado e sem rasura.

Se chover ou bater aquela preguiça e vontade de ficar em casa, que seja sem culpa. Livros são sempre uma boa opção e eles ficam ainda melhores quando vêm em formato interativo, como “O Livro das Capitais”, da escritora e atriz Gisela de Castro, moradora do Humaitá. Trata-se de um videolivro em forma de plataforma multimídia on-line, composta por conteúdos interativos e vídeos com contação das histórias do livro que deu origem ao projeto: “Um Voo sobre as Capitais Brasileiras”, narradas pela própria autora, com tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais). O projeto propõe o uso de novas mídias e tecnologias digitais para a difusão e promoção da cultura brasileira, com abordagem por diversas áreas do conhecimento, de geografia a literatura, passando por música, design, artes visuais, audiovisual e jogos. Todo o conteúdo registrado, desenvolvido, reunido e disponibilizado no site é de acesso gratuito e livre.

– Este projeto foi uma grande surpresa! Ele nasceu do livro “Um voo sobre as capitais brasileiras” e acabou se transformando numa plataforma interativa. Ao longo do processo, vi que é mais fácil encontrar material para o público deficiente visual, mas ainda há pouca acessibilidade para surdos no mercado. Daí veio a ideia de lançar a plataforma dessa maneira – conta a autora.

Dia das Crianças para valer tem que incluir uma passagem pela livraria Malasartes, no Shopping da Gávea. As crianças adoram e as vendedoras têm sempre dicas e recomendações de acordo com o desenvolvimento dos pequenos. Clássicos como “Chapeuzinho Amarelo” (Chico Buarque) e a coleção “Diários de Pilar” (Flávia Lins e Silva) vêm sempre acompanhados de sugestões de lançamentos, como “Nós, uma antologia de literatura indígena”, com contos de diversos autores, e “De passinho em passinho”, livro não apenas sobre uma dança, mas também sobre uma forma de expressão bem conhecida de Otávio Júnior, autor nascido e criado no Complexo do Alemão.

A leitura é uma forma de abrir horizontes e vale até ampliar o raio de deslocamento até Ipanema para conhecer a Pequeno Benjamin, também voltada exclusivamente para o público infantil. A programação especial no mês das crianças começa no dia 12, com uma live, às 19h, com Vívian Curvello, da Entrelinhas, lugar de ler, pensar e criar. Nos sábados seguintes, das 10h às 13h, haverá Sebinho Amigos na Praça (16/10), com o lançamento e contação da história “O círculo e sua busca”, pelo próprio autor, André Rotstein. As contações continuam com “Os gatos detetives e o Sumiço do Canarinho”, com Mariza Tavares (23/10), e “Quem contou?”, de Diléa Frate (30/10).

Outra forma de evitar que as crianças passem muito tempo na frente de telas – preocupação de nove em cada dez pais – são os passeios organizados pelo projeto Co-Criar. Além do contato com a natureza e momentos de observação da fauna e da flora local, a dupla Clarice Sollberg e Bianca Segreto organiza passeios para até oito crianças de 4 a 6 anos, animados com música, contação de história e brincadeiras tradicionais, como carniça e amarelinha. O próximo Domingo no Parque Lage será no dia 31/10, tendo como tema o saci, porque, vocês sabem, “Halloween é…”.

No dia a dia, a turma miúda conta com o Projeto Pomar, na rua Corcovado, inaugurado em setembro de 2020. A proposta é dar espaço para crianças se desenvolverem brincando, em contato com a natureza e com acompanhamento pedagógico de educadores afetuosos e que valorizam a infância. Mariana Carvalho, uma das sócias e diretora do projeto, explica que “O Pomar não é uma escola em termos legais, pois nosso alvará é de recreação, mas o que praticamos é educação, visto que seguimos a mesma proposta pedagógica do Espaço Cria, escola fundada há sete anos no Cosme Velho.” No Pomar, as crianças de 1 a 6 anos vivenciam atividades musicais, artísticas e culinárias, além de jogos e brincadeiras, podendo frequentar o espaço diariamente ou participar apenas de atividades extras, realizadas, sempre que possível, ao ar livre.

Roda Pião – Rua Maria Angélica 171

Gato Mia Festas

Projeto Chutebol

Sebinho Amigos na Praça

O Livros das Capitais – plataforma interativa

Livraria Malasartes – Shopping da Gávea

Livraria Pequeno Benjamin – Ipanema 

Co-criar

Projeto Pomar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: