LAGOA PODE GANHAR UM BIOPARQUE

O biólogo e guardião do ecossistema da Lagoa Rodrigo de Freitas Mário Moscatelli apresentou seu projeto para criação de um bioparque público na área, no último sábado, 16/10, no Parque da Catacumba. Na ocasião, os secretários de Meio Ambiente do estado, Thiago Pamplona, e do município, Eduardo Cavalieri, assinaram convênio com Moscatelli e a concessionária Rio Águas. O objetivo do bioparque é aumentar a diversidade de espécies vegetais nativas para atrair e reintroduzir animais, que há tempos não são vistos por aqui, como os coelheiros.

Coelheiros (Foto: Mario Moscatelli)

O projeto ainda está em avaliação e contemplará a instalação de deques de observação com binóculos para a identificação da fauna, criação de um circuito náutico para percorrer pontos de interesse biológico e campanhas educacionais, com a colocação de placas informativas nas margens, indicando as espécies ali encontradas e suas funções nos ecossistemas. Há 32 anos, Moscatelli vem se dedicando à formação e preservação de manguezal às margens da Lagoa, que ainda sofre com despejos ilegais de esgoto em seu espelho d’água. O biólogo foi entrevistado pelo JB em Folhas em 2019 (edição 84), ainda na versão impressa, que você pode ler aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: