HORA DE FAZER UM CHECK-UP

Após um ano e nove meses de pandemia e 75% da população inteiramente vacinada contra Covid-19 na cidade do Rio de Janeiro, todo mundo só pensa em voltar à vida normal. Ainda que a situação não esteja completamente controlada – uma vez que o índice de positivos segue elevado, com muitas pessoas pegando e transmitindo a variante Delta do coronavírus –, é hora de retomar a rotina de consultas e exames. Um check-up é importante para avaliar o estado geral de saúde da pessoa e ainda pode detectar, precocemente, diversos tipos de doenças, aumentando as chances de sucesso dos tratamentos.

Esse é um dos motivos do aumento da procura por testes e exames no Lach Laboratório, onde é comum encontrar pacientes em busca de confirmação de laudos, seja de um hemograma ou de um teste de HIV. Barbara Lucena, biomédica e diretora do Lach, explica que há vários métodos possíveis para cada exame, e os laboratórios podem escolher qual será usado, de acordo com os custos e a capacitação necessária dos profissionais.

– Aqui, a gente sempre escolhe o melhor método para o exame, aquele que a ciência considera padrão ouro e que tem maior precisão e menor possibilidade de reação cruzada ou resultados falsos. Utilizamos o padrão ouro a fim de eliminar, ao máximo, possíveis interferentes – destaca a biomédica.

Entre as medidas adotadas pelo laboratório para garantir a máxima qualidade de seus exames está a determinação de não usar luvas de látex ou com talco, pois, além de alguns pacientes serem alérgicos, tanto o látex quanto o talco interferem na dosagem de minerais de alguns exames. Outro cuidado especial diz respeito à luz e temperatura: “No Lach, nós monitoramos a temperatura da amostra desde a coleta até a análise. Até o tipo de tubo escolhido para cada exame – se de vidro ou de plástico – pode provocar alterações no resultado”, alerta Barbara.

Além disso, o Lach trabalha com um universo de pacientes bem menor que os laboratórios grandes, o que significa atendimento personalizado. O paciente não é um número, e a relação é de confiança. A atriz e produtora Paula Ferrari se sente segura e não só faz seus exames no laboratório, como costuma levar seu bebê para tomar vacinas lá.

– Tudo é diferente, a começar pelo profissionalismo dos coletores até a precisão nos resultados dos exames, sendo este último ponto o fator decisivo pra gente escolher o Lach. Quando fomos à clínica, foi uma tranquilidade saber que tinha filtro Hepa, que protege de vírus. Em plena pandemia, nos sentimos seguros – afirma.

Cuidado e atenção são básicos para dar tranquilidade a quem está doente. O Lach tem parcerias no mundo todo, o que facilita o trânsito de amostras. Isso quer dizer que, se o laboratório não realiza um exame ou teste internamente, a amostra pode ser enviada para um de seus parceiros nos Estados Unidos, Alemanha ou qualquer lugar do mundo que seja referência para o teste solicitado, sem burocracias para o paciente.

– Estamos sempre buscando novas técnicas e exames para ampliar nosso portfólio e oferecer a nossos pacientes o que há de melhor no mundo. Exemplos recentes são o teste de genoma completo e o painel de intolerância alimentar, que detecta mais de mil substâncias, incluindo os conservantes, aqueles nomes estranhos que aparecem nos rótulos de quase tudo – detalha a diretora do Lach, que procura garantir o melhor preço, especialmente nos casos de exames que não são cobertos pelos planos de saúde.

Mesmo que o laboratório ainda não atenda planos de saúde convencionais, muitas vezes o laboratório recebe autorização especial para que o paciente faça lá um exame específico. Nesses casos, o Lach ajuda o paciente a preparar os documentos para pedir o reembolso do exame, providenciando, além da nota fiscal, um relatório completo dos serviços realizados.

– Nosso objetivo é cuidar de cada detalhe, garantindo qualidade, segurança e precisão. Afinal, ninguém vem aqui fazer exame porque está saudável ou porque vai sair de férias – observa Barbara.

📷 Daniel Castelo Branco

LABORATÓRIO LACHwww.lach.com.br
Rua Jardim Botânico 512: exames, vacinas, EMS, osteopatia, fisioterapia, terapias, nutrição e estética.
Rua Jardim Botânico 468: apenas para exames de COVID-19.
Atendimento de domingo a domingo, das 7h às 19h.
Para coleta na unidade, não é necessário agendamento.
Agendamento para Coleta domiciliar: (21) 98143-1136 ou no site (taxa de logística aplicável)
Outras informações: (21) 99887-7077
Agendamento pela central (21) 2549-8141, por WhatsApp (21) 98143-1136 ou e-mail lach@lach.com.br.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: