SOMBRA E ÁGUA – DE COCO – FRESCA!

Quem passa hoje pela praça José Mariano Filho tem dificuldade de imaginar o local sem crianças, brinquedos e o quiosque do Albany. O cearense foi um dos pioneiros na venda de coco na orla da Lagoa Rodrigo de Freitas, onde se estabeleceu há 30 anos, dando origem ao que hoje é conhecido como Baixo Bebê. A dedicação e atenção especial de Albany Mattos com as crianças pequenas foram as responsáveis pelo rebatizado, ainda que informal, da praça.

As histórias do lugar e do comerciante se confundem. Para a maior parte das pessoas sombra e água fresca são sinônimo de férias, ou ao menos de um bom descanso. Não para Albany, que desde o início da década de 1990 bate-ponto diariamente no local. No começo, ele estacionava sua Kombi e não mais do que duas babás e poucos bebês apareciam. Com o passar do tempo, a clientela foi aumentando e ele estima que o número de frequentadores tenha chegado a cerca de 150 pessoas por dia, entre crianças e adultos: “Tem gente que conheci criança e já traz seus filhos para brincar aqui”, alegra-se.

Além do público infantil, o espaço é bastante procurado por gente que pratica atividades físicas. As academias Velox e Stella Torreão, sediadas na Fonte da Saudade, armam suas tendas bem ao lado do Baixo Bebê. A primeira, há anos, tem equipe às segundas, quartas e sextas bem cedinho no local, comandando treinos de corrida para todos os níveis de praticantes. Já a Stella Torreão passou a montar um circuito na praça, de segunda a sexta, de manhã cedo e no final da tarde, a partir do segundo semestre de 2020.

– No início da pandemia, o quiosque ficou fechado por três meses, mas continuei trabalhando, entregando a água de coco engarrafada na casa dos clientes. Esse período de chuva também atrapalha um pouco, e acabo tendo que ir embora mais cedo – observa ele, enquanto guarda os brinquedos rapidamente.

A rotina diária das 8h às 20h não é problema para Albany, que completará 60 anos em julho e não pensa em se aposentar. O trabalho lhe rendeu até casamento com uma antiga babá que frequentava o espaço e um casal de filhos, hoje com 21 e 19 anos. A esposa é parceira também no cuidado do espaço. Para manter o point em alta, ele investe em brinquedos e está sempre preocupado com a manutenção dos mesmos. Foi o comerciante também que plantou a maior parte das árvores do entorno para embelezar e gerar sombra para as pausas e brincadeiras: “Daqui a pouco os galhos dessas três amendoeiras vão se juntar e formar uma grande sombra. Ali eu plantei também abacate, manga e tangerina, além de melancia e abóbora, mas tive que tirar a abóbora, que estava “matando” as outras plantas”, conta ele, apontando para o canteiro ao lado do pequeno estacionamento entre as pistas de rolamento.

O nome oficial do Baixo Bebê é uma homenagem ao responsável pela construção do Solar Monjope, nos anos 1920, às margens da Lagoa. Apesar de médico, José Mariano Filho tornou-se um dos maiores embaixadores do estilo neo-clássico, ganhando status de arquiteto e fundando o Instituto dos Arquitetos do Brasil. A praça que leva seu nome foi revitalizada pela Prefeitura em 2000, quando ganhou novos brinquedos e um fraldário. Em maio de 2014, foram inaugurados os bustos dos irmãos André e Antônio Rebouças, do escultor Edgar Duvivier, em reconhecimento aos engenheiros que dão nome ao túnel vizinho à praça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: