CASCA AGREGA VALOR A SEU LIXO ORGÂNICO

Apesar de ser simples e fácil reciclar materiais secos, nem todo mundo se dá a esse trabalho. Quando o assunto é lixo orgânico, então, é casca grossa. Só os mais conscientes e comprometidos dedicam tempo e atenção ao problema, que atinge – e aflige – o planeta. Com a chegada de uma nova geração de empreendedores ao mercado, essa realidade começa a mudar. Aqui no Rio de Janeiro, já há várias empresas investindo no setor de compostagem, como a Casca.

Criada em 2019, a empresa atua em 13 bairros na Zona Sul do Rio – de São Conrado à Glória – e já compostou quase 70 toneladas de resíduos. Amigos de longa data com menos de 30 anos, Nicholas Chamma (Marketing/Administração), Joana Willemsens (Sociologia), Breno Cardoso (Administração) e Felipe Farme (Design e Economia) sempre compartilharam a vontade de trabalhar com algo relacionado à sustentabilidade. Foi no quintal de Nicholas, na Gávea, que tudo começou: o quarteto comprou baldes e passou a deixá-los nas casas de seus amigos, coletando e fazendo a compostagem toda semana. No balde da Casca, pode tudo – ou quase: menos óleo, vidro, plástico, isopor, alumínio e fezes. De resto, vai tudo!

Aos poucos, o número de inscritos foi aumentando e o serviço precisou ser profissionalizado. O sistema dos baldinhos foi ampliado e algumas coletas passaram a ser feitas de triciclo elétrico, com o intuito de reduzir ao máximo os impactos na natureza. Como diferencial, a empresa oferece a troca do balde em toda coleta e a entrega mensal de serragem, além de uma espécie de “clube de benefícios Casca”, que oferece a seus clientes descontos exclusivos em produtos e serviços de marcas parceiras. De sua parte, a empresa destina 1% de seu lucro a ONGs ou projetos sociais.

A Casca atende, atualmente, 300 clientes e pretende que esse número chegue a 1000 até o final do ano. No primeiro ano da pandemia, a empresa ficou cerca de dois meses com a coleta suspensa, mas não ficou parada. O período foi aproveitado para o aperfeiçoamento de suas atividades, avaliando os processos internos e desenvolvendo a logística de funcionamento. Uma coisa que mudou é que compostagem não é mais feita na casa dos sócios. A start-up fechou uma parceria com a empresa Organosolo, que tem uma usina de compostagem industrial na Zona Norte do Rio e produz adubo de qualidade.

Os triciclos elétrico e de pedal que circulam na Zona Sul do Rio

– A pandemia fez com que muitas pessoas repensassem suas atitudes e ficassem preocupadas com o descarte do lixo, já que passaram muito mais tempo em casa, vendo sua produção de resíduos crescer. Com isso, as pessoas passaram a refletir melhor sobre a questão e a se preocupar mais com as consequências do descarte incorreto – analisa Nicholas, feliz por sua empresa agregar valor à cidade do Rio de Janeiro.

No último ano, a Casca recebeu um aporte de investimento, que possibilitou a ampliação de sua atuação na cidade. Segundo o sócio-administrador da empresa, “a gente fala que foi aí que a Casca começou de verdade, com contratação de funcionários, compra de um triciclo elétrico para fazer as coletas, antes feitas somente de triciclo de pedal, e de um caminhão, usado para levar o resíduo recolhido para a composteira”, explica.

– O mais difícil é otimizar a logística para você não gastar tanto dinheiro e tempo. Se fosse fácil, com certeza nós já estaríamos na Barra, Tijuca e outras regiões do Rio. Sabemos da importância de oferecer esse tipo de serviço para o maior número possível de pessoas – admite o jovem empresário, que recomenda outras pequenas iniciativas para reduzir o impacto causado pelas pessoas no meio ambiente, como menor consumo de carne e maior uso de itens recicláveis.

Casca oferece três planos diferentes, variando em função da frequência de coleta, que pode ser determinada pelo volume de resíduos gerados em cada casa ou pela preferência de cada cliente. Todos eles incluem um kit inicial com balde, ecobag, guia de descarte, 2kg de adubo e um sabão de coco natural:

Cascalho: coleta quinzenal – R$ 55,00
Casquinha: coleta semanal – R$ 69,00
Casca Grossa: coleta duas vezes por semana – R$ 99,00

Casca: (21) 99094-0469 / contato@somoscasca.com
@somoscasca

2 comentários em “CASCA AGREGA VALOR A SEU LIXO ORGÂNICO

  1. Pingback: PROMOÇÃO CASCA PARA LEITORES JB EM FOLHAS – JB em Folhas

  2. Pingback: NA SEMANA DA COMPOSTAGEM, FAÇA A SUA PARTE – JB em Folhas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: