ABEL SILVA LANÇA LIVRO NA JANELA DIA 9/6

Com muito tempo para trás
E o, imprevisível à frente
Digo: PRESENTE
E quero mais!! (Idade)

Morador do Jardim Botânico há mais de 40 anos, Abel Silva passou o primeiro ano da pandemia tendo como companhia um caderno vermelho. Foi nele, em um ritual diário que começava às 6h da manhã, que ia anotando suas poesias, com divagações sobre o tempo, o medo, o vírus, a saúde e a perda de amigos próximos. Os 72 poemas foram reunidos em “O caderno vermelho das manhãs”, 22º livro do escritor, cujo lançamento acontece na próxima quinta-feira, 9/6, na Janela Livraria, a partir das 19h.

Assim como fez no pré-lançamento realizado na Padaria Século XX no final de abril, o poeta convidará os amigos que forem chegando para recitar alguns versos. Abel é autor de mais de 300 composições, incluindo clássicos da MPB, como “Rio exaltação” e “Festa do interior”, seu maior sucesso, em dobradinha com Moraes Moreira.

O medo e o tempo são as palavras mais recorrentes neste novo trabalho. A percepção dos mesmos aparece logo na apresentação: “Escrever um livro em meio a uma pandemia é um trabalho na mira do punhal da imprevisibilidade, no balanço da corda estendida sobre o buraco negro do medo, não, não é a energia feliz e confiante do bailarino, é o corpo na resistência à ventania cedo pelas artimanhas do inimigo covarde, invisível, letal”.

O CADERNO VERMELHO DAS MANHÃS
ABEL SILVA
EDITORA 7 LETRAS
92 PÁGINAS
VALOR: R$ 44

LANÇAMENTO:
DIA 9/6 – QUINTA – 19H
LIVRARIA JANELA
RUA MARIA ANGÉLICA  171 / LOJA B
JARDIM BOTÂNICO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: