AS CORES DO SOM DE RODRIGO SANTOS

O compositor, baixista, violonista, cantor e produtor Rodrigo Santos lança seu primeiro livro de ilustrações e letras autorais, “Meu navio é o tempo”, dia 30 de junho, na Livraria Argumento, no Leblon. O evento contará com exposição de ilustrações selecionadas, uma performance de atores e pocket show de Rodrigo, morador do Jardim Botânico há cerca de 25 anos.

“Meu navio é o tempo” é mais uma produção do morador do Jardim Botânico durante a pandemia, reunindo 50 ilustrações e 50 letras, que não obedecem a uma ordem cronológica nem temática. Os desenhos são vivos, coloridos, psicodélicos. Título de uma música de seu álbum “Livre”, de 2020, a publicação da editora Caçadores de Sonhos reúne desenhos do artista, feitos entre fevereiro e maio de 2022 misturados a letras de músicas compostas ao longo de sua carreira. Mas não dá para dizer que os desenhos são uma novidade na vida de Rodrigo, o livro é apenas um resgate de um hobby dos tempos de menino.

– Resolvi abrir o livro com um dos primeiros desenhos de 1973, enquanto frequentava a terapia. Depois, veio a música, junto com a primeira letra que fiz para a minha irmã, Anna Beatriz, quando comecei a tocar violão e a compor – lembra Rodrigo.

As duas formas de expressão sempre caminharam lado a lado ao longo de sua trajetória. Admirador do traço de ilustradores como Roger Dean (das capas dos discos da banda de rock progressivo Yes); de Heinz Edelmann (da animação “Yellow Submarine”); mas também de Hergé (Tintin) e Goscinny (Asterix), Rodrigo costumava passar as tardes criando novas histórias e ilustrações para os personagens. Flamenguista, frequentava o Maracanã levado pelo irmão mais velho, Renato, e, entre 1978 e 1984, desenhou todos os gols de seu time. Mais recentemente, desenhou o que imaginou para capa de seu álbum “O Diário do homem invisível” (2009), ideia reproduzida pelo fotógrafo Daryan Dornelles. O blog “A história do Rock”, hospedado no site da MTV, também conta com suas ilustrações, assim como a capa de seu álbum “Simples” (2021).

– Um dos motivos de lançar esse livro foi por ser uma coisa nova na minha vida, um desafio. Eu sempre liguei cor à música. Sempre gostei do nome do grupo A Cor do Som, porque, desde pequeno, sempre achei que a música tinha cor – admite.

“Meu Navio é o Tempo”
Autor: Rodrigo Santos
Editora: Caçadores de Sonhos
Preço: R$120,00

Lançamento do livro
Livraria Argumento – Leblon
Rua Dias Ferreira, 417
Quinta-feira, 30 de junho, a partir das 19h

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: