TEATRO, MÚSICA E ARTES NA AGENDA CULTURAL

De férias ou não, é possível aproveitar a programação cultural intensa e diversificada na região. Para facilitar, dividimos as atrações por segmento. Com o fim do isolamento e a desvalorização do setor cultural no cenário nacional, vale a pena prestigiar os artistas e seus espetáculos.

Teatro

Este é o último final de semana para assistir a dois musicais no Shopping da Gávea: a comédia musical “O meu sangue ferve por você”, no teatro Clara Nunes, e “Diogo Vilela em Cauby uma paixão”, no Teatro dos Quatro. No Tablado, tradicional palco do Jardim Botânico, a temporada de “O Cálice” vai até 28 de agosto.

O Cálice 📷 Chico Cerchiaro

Música

Os restaurantes do Jockey Club têm atrações musicais variadas ao longo da semana. No sábado, dia 30/7, tem apresentação do sexteto CJUB Jazz All Stars no Clube Manouche, da Casa Camolese. O gênero é também a atração do Maguje, onde, desde janeiro, acontece o Jazz na Varanda. O projeto fará uma pausa de duas semanas, mas volta na terça-feira, 16 de agosto. Uma apresentação diferente é a da Orquestra de Gaitas de Foles, promovida pelo Festival Rio Harp, que acontecerá no Palácio São Clemente (Consulado de Portugal), com participação do harpista mexicano Eduardo Viveros, dia 30/7, às 18h.

Um programa que vem acontecendo há cerca de três meses são apresentações do cartunista e saxofonista Aroeira, sempre às sextas-feiras, no restaurante Giá, na rua Von Martius, com direito a exposição de charges do artista. O repertório tem jazz, MPB e outras bossas e, a cada semana, ele recebe um convidado especial, dia 29/7 é a vez de Igor Eça.

Aroeira recebe o convidado Kiko Chavez, no Giá

– A ideia foi de um amigo, que me apresentou ao Wagner, um dos sócios do Giá. Tem sido muito bacana, estamos criando um público fiel, que tem voltado sempre – conta Aroeira.

Desde julho, no Largo Otto Lara Resende, o supermercado Zona Sul promove um happy hour com música ao vivo a partir das 18h e dose dupla de chope Playa por R$ 9,90. A atração desta sexta-feira é Rafael Borges, com repertório de Lulu Santos.

Artes visuais

Como a região é pródiga em galerias e centros culturais, aproveite para conferir as exposições “A sua estupidez“, em cartaz na Carpintaria; “Sentido Comum”, na Anita Schwartz Galeria; “Constelação Clarice”, no Instituto Moreia Salles; “Modernidades Emancipadas”, na Danielian Galeria; e as novas “Yakecan”, de Katie van Scherpenberg, e “Jardim do céu”, de Bernardo Magina, ambas no Parque Lage.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: